Como fazer uma tabela de preços para doces gourmet: Guia Completo

Compartilhe!

Para quem deseja entrar no mercado de doces gourmet, é importante saber como fazer uma tabela de preços adequada.

Definir o preço dos produtos é um dos principais desafios para quem trabalha com doces artesanais, pois é preciso levar em consideração diversos fatores, como o custo dos ingredientes, a mão de obra e a margem de lucro desejada.

Antes de definir os preços dos seus doces gourmet, é importante fazer uma pesquisa de mercado para saber quanto seus concorrentes estão cobrando por produtos similares.

Além disso, é fundamental conhecer o seu público-alvo e entender qual é o valor que eles estão dispostos a pagar por um produto de qualidade.

Com essas informações em mãos, é possível criar uma tabela de preços que seja justa tanto para você quanto para o cliente.

Lembre-se de que o preço deve ser competitivo, mas também deve cobrir todos os custos envolvidos na produção dos seus doces gourmet.

definir-custo-margem-lucro-doces-para-vender

Passo 1 – Definir os custos

Antes de começar a criar uma tabela de preços para seus doces gourmet, é importante entender seus custos.

Isso inclui todos os ingredientes, embalagens, equipamentos, tempo gasto e quaisquer outras despesas associadas à produção dos doces.

Para determinar o custo de cada item, é importante manter um registro detalhado de todas as despesas.

Isso pode incluir o custo de cada ingrediente, a quantidade utilizada em cada receita, o custo das embalagens e até mesmo o custo da eletricidade utilizada para cozinhar.

Vale lembrar que é importante considerar o tempo gasto na produção de cada doce. Isso inclui o tempo gasto na preparação, cozimento, decoração e embalagem.

Certifique-se de incluir uma estimativa realista do seu tempo e esforço na definição dos custos.

Ao definir seus custos, é importante ser realista e honesto consigo mesmo.

Não subestime os custos envolvidos na produção dos seus doces, pois isso pode levar a preços muito baixos e, consequentemente, a prejuízos financeiros.

Lembre-se de que, ao definir seus custos, você está criando uma base sólida para a criação de sua tabela de preços.

Portanto, dedique tempo e esforço para garantir que seus custos estejam corretos e atualizados.

planilha-precificacao-doces

Passo 2 – Calcular o preço de venda

Agora que já temos uma lista completa dos custos envolvidos na produção dos nossos doces gourmet, é hora de calcular o preço de venda.

Esse é um passo muito importante para garantir que você esteja cobrando um valor justo pelos seus produtos e que ainda assim esteja obtendo lucro.

Para calcular o preço de venda, é necessário levar em consideração alguns fatores, como os custos fixos e variáveis, a margem de lucro desejada e o preço praticado pela concorrência.

Custos fixos e variáveis

Os custos fixos são aqueles que não variam de acordo com a quantidade de produtos produzidos, como aluguel, luz, água, telefone, entre outros.

Já os custos variáveis são aqueles que variam de acordo com a quantidade de produtos produzidos, como ingredientes, embalagens, mão de obra, entre outros.

Margem de lucro

A margem de lucro é o valor que você deseja ganhar em cima de cada produto vendido.

É importante lembrar que essa margem deve ser justa e competitiva, mas também deve ser suficiente para cobrir todos os custos envolvidos na produção e ainda gerar lucro.

O que posso sugerir é que geralmente quem trabalha no mercado de confeitaria costuma estabelecer uma porcentagem de 35% a 100% do valor do custo total para produzir.

bolo-de-pote-30-receitas

Então, por exemplo, se você tem a receita total de R$20,00 da venda de um bolo de chocolate simples e você tem o custo de R$13,00 para produzir esse bolo, você terá R$7,00 de lucro (lucro= R$20 – R$13 = R$7).

A sua margem de lucro então será de R$7,00/R$20,00 = 0,35. E passando esse valor para porcentagem fica com 35% (0,35×100).

Preço praticado pela concorrência

É importante pesquisar o preço praticado pela concorrência para garantir que o seu preço esteja dentro da média do mercado.

Se o seu preço for muito alto, pode afastar os clientes, e se for muito baixo, pode dar a impressão de que o seu produto é de qualidade inferior.

Com esses fatores em mente, é possível calcular o preço de venda dos seus doces gourmet de forma justa e competitiva.

Lembre-se de revisar periodicamente o seu preço de venda para garantir que ele ainda esteja adequado às suas necessidades e ao mercado em que você atua.

Passo 3 – Definir a margem de lucro

Ao decidir o preço dos seus doces gourmet, é essencial que você defina uma margem de lucro adequada para o seu negócio.

A margem de lucro é a diferença entre o custo de produção de um produto e o preço de venda.

É importante lembrar que, além dos custos diretos, como ingredientes e embalagens, você também precisa levar em consideração os custos indiretos, como aluguel, energia elétrica, água e mão de obra.

Para definir a margem de lucro, você pode seguir algumas dicas:

  1. Pesquise os preços de mercado: verifique os preços praticados por outros fornecedores de doces gourmet na sua região e tente se enquadrar nessa faixa de preços.
  2. Calcule o custo de produção: some todos os custos diretos e indiretos envolvidos na produção de cada doce gourmet.
  3. Defina a margem de lucro: decida qual será a porcentagem de lucro que você deseja obter em cima do custo de produção. É importante lembrar que a margem de lucro não deve ser muito alta, pois isso pode afastar os clientes, mas também não deve ser muito baixa, pois isso pode comprometer a saúde financeira do seu negócio.
  4. Calcule o preço de venda: com base no custo de produção e na margem de lucro definida, calcule o preço de venda de cada doce gourmet.

Lembre-se de que a definição da margem de lucro é uma etapa fundamental para o sucesso do seu negócio de doces gourmet.

Portanto, leve em consideração todas as despesas envolvidas na produção e defina uma margem de lucro justa e equilibrada.

Passo 4 – Analisar a concorrência

Ao criar uma tabela de preços para doces gourmet, é importante analisar a concorrência para ter uma ideia do que outras empresas estão cobrando pelos mesmos produtos.

Isso ajudará a determinar um preço justo e competitivo para seus próprios doces.

Eu começo pesquisando outras empresas que vendem doces gourmet na minha área.

Eu visito seus sites e redes sociais para ver quais produtos eles oferecem e a que preços. Também presto atenção aos ingredientes e à qualidade dos produtos.

Além disso, eu visito lojas físicas e eventos de comida para ver os preços e a qualidade dos doces gourmet vendidos por outras empresas.

Eu faço anotações sobre os preços, tamanhos de porção e aparência dos produtos.

Com base nessas informações, eu comparo os preços da concorrência com os meus próprios custos de produção para determinar um preço justo para meus produtos.

Eu também considero a qualidade dos meus ingredientes e o tempo e esforço que coloco em cada doce.

Lembre-se de que o objetivo não é necessariamente ter os preços mais baixos, mas sim ter preços justos e competitivos que reflitam a qualidade dos seus produtos.

Passo 5 – Ajustar os preços conforme o mercado

Ao chegar nesta etapa, é importante ter em mente que os preços dos doces gourmet devem ser justos e competitivos.

Para isso, é necessário fazer uma pesquisa de mercado e verificar os preços praticados pelos concorrentes.

Com base nessa análise, é possível ajustar os preços dos seus doces gourmet para que estejam alinhados com o mercado e sejam atraentes para os clientes.

É importante lembrar que, ao definir os preços, é preciso considerar não apenas os custos dos ingredientes, mas também outros fatores, como o tempo de preparo, a complexidade da receita e a margem de lucro desejada.

Além disso, é importante ter em mente que os preços podem variar de acordo com a região e o público-alvo.

Por exemplo, se você vende seus doces gourmet em uma região de alto poder aquisitivo, é possível cobrar um valor mais elevado, desde que esteja dentro dos padrões de mercado.

Por fim, é importante estar sempre atento ao mercado e fazer ajustes nos preços caso seja necessário.

Lembre-se de que os clientes estão sempre em busca de bons produtos com preços justos, e essa é uma das chaves para o sucesso do seu negócio de doces gourmet.

Dicas adicionais

Ao criar uma tabela de preços para doces gourmet, algumas dicas adicionais podem ajudar a tornar a sua tabela mais atraente e eficaz.

Aqui estão algumas sugestões:

  • Destaque os seus produtos mais vendidos: ao colocar os seus produtos mais populares no topo da tabela, você pode chamar a atenção dos clientes e incentivar as vendas.
  • Use fotos de alta qualidade: incluir fotos dos seus doces pode ajudar a mostrar aos clientes como eles são bonitos e deliciosos. Sempre use imagens de alta qualidade e com boa iluminação para que os clientes possam ver todos os detalhes.
  • Ofereça pacotes e promoções: criar pacotes de doces ou promoções especiais pode incentivar os clientes a comprar mais e experimentar novos sabores. Dê destaque essas ofertas na sua tabela de preços.
  • Seja claro e conciso: Sua tabela de preços precisa ser fácil de entender e as informações devem ser apresentadas de forma clara e concisa. Use fontes legíveis e destaque os preços para que os clientes possam encontrá-los facilmente.
  • Mantenha a tabela atualizada: Mantenha sua tabela de preços sempre atualizada com os preços mais recentes e quaisquer mudanças nos sabores ou produtos disponíveis. Isso pode ajudar a evitar confusão e garantir que os clientes tenham informações precisas.

Ao seguir essas dicas adicionais, você pode criar uma tabela de preços atraente e eficaz para seus doces gourmet.

Você também vai gostar:

Considerações Finais

Neste guia completo sobre como fazer uma tabela de preços para doces gourmet, te mostrei todos os passos necessários para calcular de forma eficiente o valor dos seus produtos e garantir que sua confeitaria esteja no caminho do sucesso.

Ao seguir essas etapas, você poderá estabelecer preços adequados que reflitam os custos envolvidos, a margem de lucro desejada e a análise da concorrência.

É importante lembrar que a precificação de doces gourmet deve levar em consideração diversos fatores, como a qualidade dos ingredientes utilizados, a complexidade da receita, o tempo de preparo e o valor percebido pelos clientes.

Além disso, é fundamental estar sempre atento às tendências e demandas do mercado, ajustando os preços de acordo com as flutuações e as necessidades dos consumidores.

Perguntas Frequentes

Qual o valor do cento de docinhos gourmet?

O valor do cento de docinhos gourmet pode variar dependendo da sua localização, dos ingredientes utilizados e do posicionamento da sua marca.

Recomendo que pesquise os preços praticados por confeiteiros e empresas similares na sua região para ter uma base de referência.

Aqui na minha região (cidade do Rio de Janeiro) os preços costumam variar entre R$80 e R$100 do docinhos tradicionais.

Já os docinhos gourmet podem variar de R$120 à 180, o cento.

Quantas gramas deve ter um docinho gourmet?

A quantidade de gramas que um docinho gourmet deve ter pode variar, mas geralmente fica entre 15 e 25 gramas.

Lembre-se de que a apresentação e a qualidade dos doces são tão importantes quanto o seu sabor, então leve em consideração esses aspectos ao determinar o tamanho ideal.

Qual a diferença entre trabalhar com doces gourmet e doces normal?

A diferença entre trabalhar com doces gourmet e doces comuns está principalmente na sofisticação dos ingredientes e na atenção aos detalhes.

Os doces gourmet geralmente utilizam ingredientes de alta qualidade, têm um acabamento refinado e podem apresentar combinações de sabores mais complexas.

Esses fatores justificam o preço mais elevado dos doces gourmet em comparação com os doces tradicionais.

Como calcular o valor de um cento de docinhos?

Ao calcular o valor do cento de docinhos, recomendo levar em conta todos os custos envolvidos, como ingredientes, embalagens, mão de obra e despesas fixas.

Considere também o tempo necessário para preparar os doces e estabeleça uma margem de lucro adequada que seja sustentável para o seu negócio.

Como fazer uma tabela de preços para doces gourmet?

Quanto à criação da tabela de preços, utilize os passos apresentados neste guia para definir uma estrutura clara e organizada.

Considere agrupar seus produtos por categorias e estabelecer faixas de preços que levem em conta a complexidade e os ingredientes utilizados em cada doce gourmet.

Onde posso encontrar uma planilha de precificação para confeitaria?

Se você está a procura de uma planilha simples, fácil, mas que seja perfeita para você calcular os preços, inserir custos dos ingredientes, definir a margem de lucros e cadastrar clientes em um banco de dados, recomendo que leia o post que tenho aqui no blog Planilha para Calcular preços de Doces, clique aqui para ver.

5/5 - (1 vote)
Compartilhe!
Lena Oliveira

Lena Oliveira

Um blog dedicado a dicas, receitas e cursos de brigadeiros e outros doces gourmet para vender e te ajudar ter um negócio próprio ou renda extra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =

error: Atenção!! Cópia Proibida!
planilha-precificacao-confeitaria-melhor-custo-beneficio